noticia2
Dores de cabeça estão entre os problemas de saúde mais comuns. Segundo dados médicos em todo o mundo, 40% das pessoas sofrem pelo menos de uma dor aguda na região por ano. As causas podem estar na ingestão de álcool e alimentos, outros problemas de saúde e principalmente em momentos de tensão, já que 90% dos casos esporádicos resultam de estresse. A dor não está no cérebro. O desconforto pode atingir qualquer parte da cabeça, desde a pele, músculos, veias, dentes e terminações nervosas. Se chegar até as células cerebrais é porque não se trata de dor e, sim, de um problema mais sério. Um bom diagnóstico precisa levar em consideração as características da dor, que pode ser latejante, como se fosse uma pressão ou uma pontada, sua intensidade, a área afetada, frequência e duração. Os tratamentos mais comuns envolvem o uso de analgésicos, mas também podem ser indicadas outras terapias, como meditação, massagem, técnicas de relaxamento e psicoterapia. Se as dores são acompanhadas de outros sintomas, como náuseas ou quadros mais sérios, como febre, as causas podem chegar até a derrames ou tumores, portanto, nunca dispense uma boa avaliação médica. Febre pode indicar meningite, perda de visão e pescoço rígido estão associados a casos de trombose.
CategoryBlog

2016 © clínica da imagem do tocantins. Todos os direitos reservados

   

Desenvolvido por